GERAL >

Autoridades fazem abertura da Semana da Pátria na Praça Tiradentes

Tradicional ato de civismo reuniu políticos, militares, maçons, estudantes e cidadãos a seis dias da comemoração da independência do Brasil e do aniversário de  Teófilo Otoni

Os maçons homenagearam a cidade pelo aniversário deixando sobre o monumento do fundador uma coroa de flores copy

Os maçons homenagearam o fundador da cidade com uma coroa de flores

Pessoas de todas as gerações e classes sociais estiveram reunidas na manhã de sexta-feira, 01/09, na Praça Tiradentes, para a abertura da Semana da Pátria. O dispositivo de honra foi composto pelo prefeito Daniel Sucupira, pelo vice-prefeito Dr. José Roberto Corrêa, pelo secretário municipal de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcos Godinho, pelo chefe do Núcleo de Policiamento e Fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Marcos Roberto, pelo chefe de instrução do Tiro de Guerra 04/018, subtenente Evangelista, pelo representante do comando do 19º Batalhão de Polícia Militar, tenente Bastos, pela Superintendente Regional de Ensino, Maria Helena Costa, pela vereadora Tina e por membros das Lojas Maçônicas de Teófilo Otoni.

Momento do hastiamento das bandeiras do Brasil, Minas Gerais, Teófilo Otoni e de escolas municipais

Momento do hasteamento das bandeiras do Brasil, Minas Gerais, Teófilo Otoni e de escolas municipais

A solenidade teve início com a execução do Hino Nacional através da Banda de Música da 15ª Região de Polícia Militar, que logo em seguida tocou o Hino de Teófilo Otoni entoado pelo sargento Timóteo. Enquanto o Hino era executado, as bandeiras do Brasil, Minas Gerais, Teófilo Otoni e de escolas municipais participantes eram hasteadas.

Marcos Godinho iniciou sua fala incitando a todos a refletir sobre a situação atual do País

Marcos Godinho iniciou sua fala incitando a todos a refletir sobre a situação atual do País

O secretário municipal de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcos Godinho fez o pronunciamento de abertura, no qual incitou a todos para que encarassem a semana da pátria com alegria, mas também com reflexão acerca do atual momento que passa o país. “ É hora de pensarmos sobre a importância que é, que foi e será a independência do nosso país, mas é preciso que cada um de nós reflita quanto ao rumo que queremos para nosso país diante de tantas denúncias de corrupção sendo expostas a cada hora para a sociedade. Temos que buscar desde agora uma postura ética e transparente. Todos, sem exceção”, destacou o secretário.

O chefe da PRF, Marcos Roberto, fez um discurso patriota, mas não deixou de suscitar o desejo por uma nação mais justa e igualitária

O chefe da PRF, Marcos Roberto, fez um discurso patriota, mas não deixou de suscitar o desejo por uma nação mais justa e igualitária

O chefe da PRF, Marcos Roberto, fez um discurso patriota, mas não deixou de suscitar o desejo por uma nação mais justa e igualitária. “Neste momento de emoção popular, devemos ter um sentimento de um Brasil que apesar de todos os acontecimentos acredita em seu povo, que está cansado de injustiça e da falta de direitos efetivos. Este também é um grande momento de reverenciarmos todos aqueles que lutaram e se sacrificaram pela nossa independência com orgulho e alegria, e devemos fazê-lo nos dias de hoje trabalhando, estudando, nos esforçando cada vez mais para alcançarmos um futuro digno e próspero. Avancemos para corrigir os erros do passado”, pontuou Marcos.

Daniel Sucupira destacou que nossa cidade possa ser exemplo para nosso país na educação, no cuidado com o ser humano

Daniel Sucupira destacou que a cidade de Teófilo Otoni possa ser exemplo para o país na educação e no cuidado com o ser humano

Em seu pronunciamento, o prefeito Daniel Sucupira mencionou o evento como parte das festividades dos 164 anos da cidade, lembrando o quanto o fundador Theophilo Benedicto Ottoni fez em prol do desenvolvimento da cidade. “Há um pensador que diz que o universo começa na aldeia. Que nossa cidade possa ser exemplo para nosso país na educação, no cuidado com o ser humano, com iniciativas que transformem para melhor a vida das pessoas. Esse é o legado que queremos deixar. Estamos aqui em frente aos restos mortais do grande homem que foi nosso fundador,  referência internacional conhecido por querer implementar aqui nessa terra seu plano de desenvolvimento, promovendo a sua Philadelphia”, explanou Sucupira.

Marco Aurélio Síria, falou brevemente sobre o papel dos maçons ao longo da história, inclusive na independência do país

Marco Aurélio Síria, falou brevemente sobre o papel dos maçons ao longo da história, inclusive na independência do país

Por fim, o presidente do Conselho Regional de Maçonaria (Corema), Marco Aurélio Síria, falou brevemente sobre o papel dos maçons ao longo da história, inclusive na independência do país.  “Atualmente a maçonaria tem uma responsabilidade muito grande porque ela lapida os homens para torná-los mais justos e sinceros, mais fraternos e mais humildes acima de tudo. A maçonaria não é ostentação nem visibilidade, e sim fraternidade. Buscamos um mundo melhor. Theophilo Benedicto Ottoni é o nosso exemplo, que como maçom e grande homem que foi, olhou além do horizonte quando saiu do Serro em busca de fundar nossa terra, que tanto nos orgulha”, declarou Marco Aurélio.

Após discursar, o presidente do Corema e os irmãos maçons homenagearam a cidade pelo aniversário deixando sobre o monumento do fundador uma coroa de flores. E encerrando a solenidade de abertura da semana da pátria, as fanfarras independentes A Fênix, Duque de Caxias e a da E.M. Nossa Sra. Aparecida se juntaram e saíram em desfile pela Praça Tiradentes.

Publicado em 04/09/2017, em GERAL.