Centro Pop promove curso de pintura em cerâmica para moradores em situação de rua

Ao todo 27 alunos atendidos no serviço participaram e concluíram o curso de pintura em cerâmica

O Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop) entregou na tarde da última sexta-feira, 18/08, os certificados para os alunos do primeiro curso ofertado na unidade.

As atividades foram possíveis por meio de uma parceria da Secretaria Municipal de Assistência Social, por meio do Centro POP e o SESC Minas, como forma de aproximação com a população em situação de rua, além de contribuir para a qualificação no mercado de trabalho. As aulas aconteceram no próprio Centro Pop, entre os dias 14 e 18/08, das 13h às 17 horas.

Eliane Aguilar, ressaltou a importância da parceria entre o Sesc e o Centro POP

Eliane Aguilar ressaltou a importância da parceria entre o Sesc e o Centro POP

A Secretária Municipal de Assistência Social, Eliane Aguilar, ressaltou a importância dessa parceria entre o Sesc e o Centro POP. “Quando vemos vocês mostrando as potencialidades através desses trabalhos manuais, nós sentimos que o trabalho realizado no Centro POP é de referência e que vai ficar plantada uma semente no coração de cada um. Hoje ter todos vocês reunidos aqui compartilhando desse vínculo, concluindo esses trabalhos, mostra que estamos no caminho certo e de que tudo  é possível. Esse é um começo de coisas maravilhosas que ainda vão acontecer na vida de vocês. Só precisamos que aceitem o projeto de vida que estamos ofertando”, salientou Eliane.

Aivy Ann (à esquerda), disse que ficou maravilhada e surpresa com tantos talentos

Aivy Ann (à esquerda), disse que ficou maravilhada e surpresa com tantos talentos

A Coordenadora do Centro POP, Aivy Ann Roult Macedo, disse que todos ficaram maravilhados e surpresos com tantos talentos despontados nos cinco dias de curso. “Aprendemos muito com as atividades do projeto SESC Criativo. Os trabalhos foram satisfatórios e superaram nossas expectativas. Nós aprendemos quatro técnicas diferentes desenvolvidas na pintura de cerâmica. O curso foi uma forma de terapia, mas também foi algo que vai servir para gerar renda para que todos  tenham novas possibilidades. Nós concluímos esse curso e já temos sete atendidos que foram inscritos no curso de inclusão digital. Também vamos contar com um voluntário para fazer uma oficina com corte de cabelos dos nossos assistidos.  Então essa é a proposta dessa gestão, cuidar das pessoas com muito carinho e buscar ofertá-las possibilidades de uma vida melhor”, concluiu Aivy.

O pastor Charley Campos, diretor da Comunidade Terapêutica Bom Samaritano que coordena alguns assistidos do Curso

O pastor Charley Campos, diretor da Comunidade Terapêutica Bom Samaritano que coordena alguns assistidos do Curso

O pastor Charley Campos, diretor da Comunidade Terapêutica Bom Samaritano, destacou a satisfação que sentiu com o convite do Centro Pop para ingressar novos assistidos no projeto. “Há muito tempo vínhamos buscando parcerias, mas ainda não tínhamos essa oportunidade de uma ação como esta, de um trabalho com arte em cerâmica ou em qualquer tipo de atividade juntamente com a Secretaria de Assistência Social. E agora nessa nova gestão, a coordenadora do Centro Pop nos proporcionou e estamos agregando a esse projeto. Para nós foi uma iniciativa incrível. Alguns não queriam vir porque não são acostumados a lidar com esse tipo de situação, mas após a primeira aula não queriam mais faltar. Então fica mais uma vez o nosso agradecimento ao Centro Pop. Realmente está fazendo um trabalho diferenciado com essas pessoas”, frisou o Pastor Charley.

Atendidos do Centro POP com artesanos feitos duarante curso

Atendidos do Centro POP com artesanatos feitos durante curso

Publicado em 21/08/2017, em Assistência Social, GERAL.