GERAL >

Com grande participação, município realiza Iª Conferência Municipal de Saúde da Mulher

Objetivo é propor diretrizes para a política nacional de atenção integral à saúde das mulheres

 

Mulheres da sociedade teófilo-otonense, das áreas urbana e rural, se reuniram durante todo o dia 24 de maio na I Conferência Municipal de Saúde da Mulher. Promovido pelo Conselho Municipal de Saúde e Prefeitura de Teófilo Otoni, o encontro aconteceu no auditório do SEST/SENAT.

Várias pessoas se mobilizaram para participar da conferência

Várias pessoas se mobilizaram para participar da conferência

Autoridades fizeram questão de participar do evento, como o prefeito Daniel Sucupira, o vice-prefeito, secretário municipal de saúde e presidente do Conselho Municipal de Saúde, Dr. José Roberto Corrêa, a superintendente regional de saúde, Márcia Elizabete Alves, a secretária executiva do Conselho Municipal de Saúde, Andreia Pereira, a ouvidora do SUS em Teófilo Otoni, Sibele Guimarães, a vereadora Vicentina Pereira (Tina) e a secretária municipal de assistência social e habitação, Eliane Moreira.

A conferência envolveu ampla programação, com palestras, debates e oficinas de trabalhos em grupo. Na abertura, o prefeito Daniel Sucupira destacou o momento como a oportunidade de se discutir, em conjunto, políticas públicas para as mulheres. “Esta é a chance de desenvolvermos ações mais acertadas, haja vista que já passou da hora de a mulher ser reconhecida na nossa sociedade por suas capacidades, por seus talentos, no mesmo patamar que os homens”, ressaltou Sucupira.

O prefeito Daniel Sucupira ressaltou a importância de se reconhecer o valor da mulher na sociedade

O prefeito Daniel Sucupira ressaltou a importância de se reconhecer o valor da mulher na sociedade

Como presidente do Conselho Municipal de Saúde e à frente da Secretaria Municipal de Saúde, Dr. José Roberto Corrêa disse sentir muita honra e satisfação por ser o primeiro secretário a dar início à temporada de conferências. “Estou muito orgulhoso com os trabalhos da minha pasta, que vem sendo desenvolvidos desde que assumimos o governo. Espero que esse fórum de discussão nos ajude a oferecer uma assistência de saúde cada vez melhor não só às mulheres, mas a todas as pessoas atendidas no nosso município”, revelou o secretário.

Presidente do Conselho Municipal de Saúde, Dr. José Roberto Corrêa, se sentiu honrado por dar início à temporada de conferências

Presidente do Conselho Municipal de Saúde, Dr. José Roberto Corrêa, se sentiu honrado por dar início à temporada de conferências

Responsável por uma das palestras do dia, a enfermeira Maria Izabel Svizzero tratou sobre o papel do município no desenvolvimento sócio-econômico e ambiental na vida e na saúde da mulher. “Essa conferência é a chance de darmos um pontapé inicial quanto a este tema complexo e vasto, considerando as interfaces que existem entre as forças econômicas, sociais e políticas no âmbito do município”, pontuou a palestrante.

A enfermeira Maria Izabel Svizzero conduziu uma palestra durante a conferência

A enfermeira Maria Izabel Svizzero conduziu uma palestra durante a conferência

Dentre tantas pessoas que se mobilizaram para participar do evento, a assistente social do presídio de Teófilo Otoni, Juciene de Fátima, foi uma delas. Para ela, a Conferência Municipal de Saúde da Mulher foi muito pertinente. “Nossa cidade é muito carente nessa área. Além disso, estar aqui é uma grande chance de adquirir mais conhecimento para a vida, tanto como profissional quanto como mulher”, ressaltou a participante.

Juciene de Fátima considerou o evento como meio das mulheres lutarem pelos seus direitos

Juciene de Fátima considerou o evento como meio das mulheres lutarem pelos seus direitos

De acordo com uma das organizadoras do encontro, a professora da UFVJM Claudilene Ramalho, a Conferência Municipal de Saúde da Mulher é a primeira de três etapas. “A partir daqui serão eleitos os delegados que vão para a conferência estadual e, por fim, a nacional”, explicou.

A professora da UFVJM, Claudilene Ramalho, explicou que a conferência municipal foi a primeira de três etapas

A professora da UFVJM, Claudilene Ramalho, explicou que a conferência municipal foi a primeira de três etapas

Publicado em 25/05/2017, em GERAL.