GERAL >

Em Brasília, prefeito de Teófilo Otoni busca recursos junto ao Ministro da Saúde

Combate à febre amarela e outras doenças de verão são prioridades da atual gestão municipal

 

No dia em que completou os primeiros 31 dias de governo, o prefeito de Teófilo Otoni, Daniel Sucupira, se reuniu em Brasília com o Ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Junto com outros prefeitos de regiões atingidas pelo surto de febre amarela, Daniel Sucupira levou ao ministro da saúde, e ao secretário de atenção básica do Ministério da Saúde, Francisco de Assis Figueiredo, o pedido de ajuda para o combate à febre amarela, bem como às outras doenças como dengue, zika vírus e chikungunya.

 O ministro Ricardo Barros apresentou as ações que estão sendo desenvolvidas no estado


O ministro Ricardo Barros apresentou as ações que estão sendo desenvolvidas no estado

O prefeito Daniel Sucupira concluiu o primeiro mês de seu governo concentrando esforços no principal problema enfrentado até agora, que foi a febre amarela. Nos primeiros 15 dias, o prefeito conseguiu trazer o governador do estado, Fernando Pimentel, ao município para ver de perto a situação de emergência por causa da febre amarela silvestre. Sucupira afirmou que saiu otimista da agenda com o ministro da saúde. “Mostramos ao ministro as nossas necessidades, e a dificuldade de enfrentamento ao surto de febre amarela. Fomos atendidos naquilo que tínhamos planejado para o nosso município, e agora temos certeza de que passado esse primeiro mês vamos conseguir cumprir aquilo que tínhamos planejado de ações para a nossa cidade. Não paramos um só dia e vai ser assim que vamos fazer esse governo para o povo de Teófilo Otoni”, frisou o prefeito.

O ministro Ricardo Barros apresentou as ações que estão sendo desenvolvidas no estado, como envio de equipes da Força Nacional do SUS e de vigilância, além da distribuição de doses extras da vacina. “Estamos agindo de forma determinada em conter o foco que está localizado no estado de Minas Gerais, e vacinando todos os estados que estão no entorno de Minas Gerais”, salientou o ministro Ricardo Barros.

Reunião com o secretário de Atenção Básica do Ministério da Saúde, Francisco Figueiredo

Reunião com o secretário de Atenção Básica do Ministério da Saúde, Francisco Figueiredo

O Secretário de Atenção Básica do Ministério da Saúde, Francisco Figueiredo, destacou a importância dos prefeitos terem ido à Brasília para relatar o que está acontecendo em Minas Gerais. “Não vai faltar esforços para que juntos possamos atender toda a população dessas regiões atingidas pela febre amarela. O ministério da saúde vai ressarcir tudo aquilo que está sendo gastado a mais pelos municípios nesse atendimento. Estaremos o mais rápido possível, junto com o ministro em visita nessas regiões, para verificar de perto e anunciar os recursos fundamentais para o combate à febre amarela”, ressaltou Francisco Figueiredo.

Para auxiliar na investigação e no atendimento aos pacientes, os gestores se comprometeram em repassar à pasta informações sobre o aumento de internações decorrentes da doença.

Publicado em 01/02/2017, em GERAL.