GERAL >

Feira do Peixe 2017 ganha novo impulso e anima consumidores

Mantendo a tradição da Semana Santa no município, a Prefeitura de Teófilo Otoni, por meio da Secretaria Municipal de Agropecuária e Abastecimento, promoveu a 24ª edição da Feira do Peixe.

Desta vez, o evento ocorreu entre os dias 11 e 14 de abril, na Rua Marcelo Guedes, região central da cidade. E para confirmar o diferencial do atual governo, a edição 2017 da feira foi considerada, tanto pelos expositores, quanto pelos consumidores, como a maior e mais bem estruturada já realizada nos últimos anos no município.

IMG_0831

Além do prefeito Daniel Sucupira, e do vice-prefeito Dr. José Roberto Corrêa, a solenidade de abertura da Feira do Peixe teve a participação dos Secretários Municipais e assessores, dos vereadores Fábio Lemes, Gilson Dentista, Melquisedeque, Felipe Costa, Marcinho da Serraria, Felipe Barbosa e Paulo Marreco, do deputado federal Leonardo Monteiro, do presidente da OAB, Dr. Alan Kardec, do prefeito de Frei Gaspar, Lauro Franco, da Superintendente Regional de Ensino, Maria Helena Costa Salim, do assessor especial do Governo do Estado, Jorge Arcanjo, bem como de autoridades e representantes regionais.

Solenidade de Abertura da Feira do Peixe 2017

Solenidade de Abertura da Feira do Peixe 2017

O Secretário Municipal de Agropecuária e Abastecimento, Sérgio Marcos Franca, confirmou a expectativa em torno da organização do evento. “Fizemos um racionamento de gastos: maior feira com menores recursos investidos pela prefeitura, graças ao grande número de patrocinadores que nos apoiaram”, contou.

IMG_0844 copy

O Secretário Municipal de Agropecuária e Abastecimento, Sérgio Marcos Franca destacou que foi a maior feira com menores recursos

 

Por sinal, o intuito de fazer um evento que valorizasse ao máximo o trabalho dos agricultores foi ressaltado pelo prefeito Daniel Sucupira em seu discurso de abertura da Feira. “Eu vivi uma expectativa muito grande de promover esse evento, porque tive o prazer de trabalhar com vocês várias vezes. Quando fui secretário, investimos num programa de produção e comercialização do peixe vivo, o qual se baseou em capacitar os produtores, criar tanques a partir de retro-escavadeira para criação de peixes e dispor de um caminhão exclusivo para a Feira. Hoje, nossos piscicultores tem que trazer peixe de outros lugares porque  as retro-escavadeiras sumiram da zona rural, e não existe mais programa de capacitação e qualificação do piscicultor. É hora de resgatar isso, pois o homem do campo tem que ter voz e vez, respeito e dignidade”, desabafou o prefeito.

O senhor José Ferreira de Oliveira também ficou satisfeito com a magnitude da 24ª edição da feira. “Tem 21 anos que eu exponho variadas espécies de peixes nessa feira, mas confesso que este ano está melhor em todos os sentidos: a estrutura, o local, a assistência dos organizadores, até o prefeito é melhor”, revelou.

José Ferreira de Oliveira se diz maravilhado com a estrutura da feira

José Ferreira de Oliveira se diz maravilhado com a estrutura da feira

O prefeito Daniel Sucupira aproveitou a oportunidade para anunciar o lançamento de dois programas: o Médico na Feira e o Dentista na Feira, este último, segundo ele, inédito no Brasil. Sucupira explicou que esses programas visam disponibilizar um médico e um dentista a atender, todo sábado, os produtores e expositores que trabalham nas feiras livres da cidade.

Após a solenidade de abertura da Feira, o prefeito circulou pelas bancas e cumprimentou cada expositor. Entre os visitantes e consumidores estava o mototaxista Emerson Alves Cajazeiras, que costuma prestigiar a Feira do Peixe. “Já comprei peixe aqui outras vezes, mas neste ano, considerando a humildade do atual prefeito, me senti estimulado a vir no dia da abertura oficial. É possível perceber que o ambiente está mais aconchegante e com muitas novidades”, destacou.

IMG_0937 IMG_0938

IMG_0954 IMG_0970

IMG_0953 copy IMG_0984 copy

Os consumidores tiveram à disposição cerca de 55 expositores com uma oferta ampla de produtos relacionados à Semana Santa, como peixes, temperos, legumes e hortaliças,  porções e bebidas típicas, ovos de páscoa, amendoim torrado e milho para canjica. E para animar, ainda teve música ao vivo todos os dias. A Praça de Alimentação foi considerada pelo público que visitou a Feira, um grande diferencial em relação às edições anteriores. A intenção foi oferecer ao mesmo tempo uma mostra de mercadorias e uma opção de entretenimento à população.

 

 

Publicado em 18/04/2017, em GERAL.