Municípios do Mucuri recebem mais uma etapa de Entrega de Títulos de Propriedade Rural

Em ato oficial de entrega realizado na Câmara Municipal foram contemplados 30 trabalhadores rurais de Poté, 18 de Teófilo Otoni e um de Frei Gaspar

 

Mais uma etapa de entrega de títulos de propriedade rural foi efetivada a 49 famílias na tarde de quinta-feira, 21/06, na Câmara Municipal. Foram contemplados agricultores das cidades de Teófilo Otoni, Frei Gaspar e Poté, através da retomada do Programa Estadual de Regularização Fundiária Rural. Na solenidade, estiveram presentes o subsecretário de Acesso à Terra, Geraldo Abreu, representando a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário (SEDA), o prefeito de Teófilo Otoni, Daniel Sucupira, os vereadores Fábio Lemes e Raulino do Sindicato e representantes de instituições ligadas ao campo como EMATER, FETAEMG e sindicatos.

Daniel Sucupira disse que títulos de propriedade rural dão maior tranquilidade e oportunidades aos trabalhadores rurais

A última vez em que títulos foram entregues no Território Mucuri foi em dezembro de 2017, quando mais de 70 pessoas foram beneficiadas. De acordo com o Prefeito Daniel Sucupira trata-se de uma pauta que muito alegra o prefeito Sucupira, pois desde a época em que exerceu o mandato de vereador no município se empenhou na luta pela regularização fundiária. “Participar de um momento assim mostra que é possível batalharmos para realizarmos nossos sonhos, que na vida nada cai do céu. Com os títulos em mãos, os trabalhadores vão ter uma tranquilidade maior e novas oportunidades se abrirão para eles”, pontuou o prefeito.

Geraldo Abreu destacou que enquanto houver um agricultor sem terra não haverá justiça no campo

O subsecretário de Acesso à Terra, Geraldo Abreu, citou o Papa Francisco ao dizer que enquanto houver um agricultor sem terra não pode haver justiça no campo. “Em alguns municípios onde temos efetuado a entrega de títulos nos deparamos com muitas pessoas que não acreditavam na retomada do programa ou que se arrependeram de não terem se cadastrado para participar. Ainda temos muitos processos de regularização fundiária a serem analisados e depois do período eleitoral deste ano daremos continuidade às entregas”, ressaltou Abreu.

Silvinha Machado realizou um sonho ao receber o documento que lhe dá posse da terra onde vive

Uma das beneficiadas de Teófilo Otoni foi a agricultora Silvinha Machado. Moradora do Córrego Barra Nova, há 42 anos ela sonhava ter a posse da terra onde sempre viveu com a família. “É bom demais estar com este documento que comprova que a terra é minha, pois vou poder participar de outros programas e serviços que antes não podia. Inclusive já estou procurando fazer um empréstimo para investir numa lavoura maior. Acho que agora consigo”, espera a agricultora.

Publicado em 28/06/2018, em Sem categoria.