Prefeitura promove ações de conscientização ao Dia Mundial de Combate à Violência contra a Pessoa Idosa

A data é lembrada no dia 15 de junho e a Secretaria Municipal de Assistência Social programou ampla mobilização, com blitz e banca informativa

Uma banca informativa foi montada na Praça Tiradentes

O dia 15/06 é conhecido universalmente pelo combate à violência contra a pessoa idosa. Em virtude disso, a Prefeitura de Teófilo Otoni planejou ações, durante esta semana, que visam a conscientização da sociedade quanto à maneira de lidar com o público da terceira idade. Na manhã de quarta-feira, 13/06, equipes da Secretaria Municipal de Assistência Social fizeram duas ações simultâneas no centro da cidade. Na Av. Luís Boali foi realizada uma blitz de enfrentamento à violência contra os idosos com faixas e panfletos informativos em meio aos condutores. Na Praça Tiradentes, os agentes montaram uma banca informativa e fizeram uma abordagem socioeducativa aos transeuntes.

Equipes da Secretaria Municipal de Assistência Social abordaram condutores na Av. Luiz Boali

À frente do movimento, a secretária da pasta, Eliane Moreira, lembrou que a data é marcada pela cor violeta, em alusão à flor que requer carinho e atenção e é representativa da família. “O foco da campanha não é só nos idosos, mas nos familiares e cuidadores porque quando se fala em enfrentamento à violência contra o idoso, ele é a vítima. Nos últimos tempos houve um aumento significativo da violência contra essa geração mais vivida, seja ela física, psicológica ou financeira, e enquanto agentes públicos, não podemos ficar inertes”, declarou a secretária.

De acordo com ela, a maioria dos casos de maus-tratos acontecem no próprio lar. “Os idosos precisam estar alerta, seguros, saber que não estão sozinhos pois existe uma equipe para ampará-los tanto na questão dos direitos da dignidade humana como no apoio psicológico que eles podem precisar quando sofrerem algum tipo de violência. Por isso, nesta ação nos colocamos à disposição também para orientá-los sobre os tipos de violência a qual eles estão suscetíveis e os direitos preconizados pelo Estatuto do Idoso”, explicou Eliane.

O condutor Alberto Barreiros passou pelo local onde ocorreu a blitz e aprovou a iniciativa

O condutor Alberto Barreiros passou pelo local onde ocorreu a blitz e aprovou a iniciativa. “Acredito que a ação é muito importante para que as pessoas idosas fiquem mais cientes dos direitos delas”, disse Barreiros. Para Jamírio dos Santos, outro condutor também abordado pela equipe, as pessoas hoje estão mais conscientes em relação ao papel do idoso na sociedade, mas há outro aspecto que ainda deixa a desejar. “Percebo que tem muitas campanhas, porém, atenção e respeito por parte dos mais jovens poderiam ser mais praticados”, destacou Jamírio.

Para Jamírio dos Santos, as pessoas hoje estão mais conscientes quanto ao papel do idoso na sociedade

Publicado em 15/06/2018, em Sem categoria.