Proprietários rurais começam a receber kits de cercamento de nascentes

Teófilo Otoni larga na frente nas questões ambientais, contribuindo para a preservação dos recursos hídricos da região

Sete proprietários de terrenos localizados na comunidade do Cedro receberam os primeiros kits de cercamento de nascentes

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente em parceria com o Instituto Estadual de Florestas (IEF), iniciou a entrega de materiais para o cercamento  de nascentes na região rural do município. Na última sexta-feira, 20/04, sete proprietários de terrenos localizados na comunidade do Cedro receberam os primeiros kits contendo mourões, arames e mudas de arvores frutíferas e nativas.

Coordenado pelo e IEF e parceria da Secretaria Municipal da Meio Ambiente, o “Programa Conservação e Produção Sustentável: Uma parceria para a vida” promove e incentiva ações de conservação de solo, ações de reflorestamento das matas ciliares e nascentes por meio do plantio de mudas nativas da mata atlântica.

Alunos da Escola Estadual Barra do Cedro, participaram da palestra sobre a importância da preservação e conservação das nascentes

Na oportunidade, alunos do 6º ao 9º ano da Escola Estadual Barra do Cedro, ouviram atentamente uma palestra sobre a importância da preservação e conservação das  nascentes.

Daniel Sucupira reforçou a necessidade de preservação dos recursos hídricos visando impactos futuros

Presente no momento da entrega dos kits aos proprietários rurais, o prefeito de Teófilo Otoni, Daniel Sucupira, reforçou a necessidade de preservação dos recursos hídricos e a importância da disponibilidade da água num cenário futuro. “Mais uma vez parabenizo a todos vocês que se disponibilizaram a participar desse projeto. Considerando o cenário atual e a grande preocupação com a escassez dos recursos hídricos vê-se a urgência em proteger as nascentes, que exercem um papel fundamental na formação e manutenção das águas superficiais”, pontuou o prefeito.

Janaina Mendonça disse que ações visam proteger as bacias hidrográficas como ponto de partida para recuperação dos recursos hídricos

A Superintendente Regional do IEF, Janaina Mendonça, enfatizou a necessidade do cercamento das áreas de vegetação das cabeceiras. “Essa ação visa proteger as bacias hidrográficas como ponto de partida estratégico para recuperação dos recursos hídricos, mas também para preservar a estabilidade geológica, a biodiversidade, o fluxo gênico de fauna e flora, proteger o solo, e assegurar o bem-estar das populações humanas”, falou.

 

Assista e compartilhe também o vídeo

Publicado em 24/04/2018, em Sem categoria.