Coordenadoria Estadual De Defesa Civil Realiza Capacitação Com Agentes Dos Vales Do Mucuri E Jequitinhonha

Coordenadoria Estadual de Defesa Civil realiza capacitação com agentes dos Vales do Mucuri e Jequitinhonha

Curso tem duração de três dias e abertura contou com participação do prefeito de Teófilo Otoni e outras autoridades da cidade e região

 

O evento contou com autoridades regionais e municipais

O evento contou com autoridades regionais e municipais

De 8 à 10 de agosto, representantes de municípios das regiões do Mucuri e Jequitinhonha estão reunidos no auditório da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), participando da 6ª Capacitação Regional de Gestão em Proteção e Defesa Civil e Mudanças Climáticas, promovida pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC). A Prefeitura de Teófilo Otoni é parceira na organização e mobilização do evento. O prefeito Daniel Sucupira fez a abertura oficial ao lado do diretor de ensino da CEDEC, João Luiz da Mata, da coordenadora municipal da defesa civil, Bruna Butilheiro, do tenente-coronel da 15ª Região de Polícia Militar, Luciano Freire, da analista da Fundação Estadual do Meio Ambiente, Morjana Moreira, do secretário municipal de obras e serviços urbanos, Gerson Metzker e do vereador Fábio Lemes.

Bruna Butilheiro é a responsável pela coordenação da Defesa Civil da Prefeitura de Teófilo Otoni

Bruna Butilheiro é a responsável pela coordenação da Defesa Civil da Prefeitura de Teófilo Otoni

De acordo com a coordenadora municipal da defesa civil, Bruna Butilheiro, a CEDEC é responsável por capacitar os coordenadores e agentes da defesa civil em todas as regiões de Minas. “E, diante das mudanças de gestão nos municípios neste ano, surgiu a necessidade deste curso ser oferecido para nossa região e o Vale do Jequitinhonha também”, explicou. Para Bruna, a necessidade de informações ligadas à defesa civil está cada vez maior, sendo que os municípios estão dando mais importância ao assunto. “A CEDEC tem adotado um programa de conscientização junto às cidades mostrando que a prevenção de risco é essencial e menos onerosa que a recuperação”, pontuou.

O diretor da CEDEC, João Luiz, faz parte da equipe que promoveu a capacitação

O diretor da CEDEC, João Luiz, faz parte da equipe que promoveu a capacitação

O diretor de ensino da CEDEC, João Luiz da Mata, fez referência a essa questão ao dizer que impera no país o hábito da reação em vez da prevenção. “Trabalhar com proteção e defesa civil é um desafio, pois não há uma carreira definida, ou seja, muitas das vezes as pessoas que exercem essa função não têm o conhecimento prévio, função esta também que a sociedade não está acostumada a dar tanto valor. Só se valoriza a ação da defesa civil quando acontece um desastre”, ressaltou João. Segundo o diretor, o curso foi todo remodelado para atender às especificidades de cada território. “Durante esse encontro, a CEDEC vem para conversarmos sobre proteção e defesa civil na busca de facilitar a gestão e de, por conseguinte, propiciar uma qualidade de vida melhor para os cidadãos buscando evitar a perda de vidas frente aos desastres que podem acontecer. A presença do prefeito daqui de Teófilo Otoni, onde estamos realizando essa capacitação, demonstra a preocupação que as autoridades têm hoje com as questões de proteção e defesa civil, uma vez que sem envolvimento do gestor público fica muito difícil trabalhar nessa área”, pontuou João.

O prefeito Daniel Sucupira enfatizou que discutir a defesa civil é uma prioridade em seu governo

O prefeito Daniel Sucupira enfatizou que discutir a defesa civil é uma prioridade em seu governo

Daniel Sucupira destacou que a realização daquele treinamento em proteção e defesa civil é uma pauta de grande relevância e deve ser prioridade nas administrações municipais. “É impossível fazer a defesa civil sem a parceria das prefeituras e de instituições como a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros. Defesa civil não pode ser um apêndice no nosso governo, tem que ser um tem trabalhado por todos nós prefeitos porque a cada dia que passa os recursos disponíveis pela União e pelo Estado para intervenções de obras públicas como drenagem, intervenção e realocação de pessoas que moram em situação de risco,  tem diminuído, o que faz com que a população muitas vezes tem que buscar qualquer lugar para morar”, explicou Sucupira.

O servidor William Silva foi o representante da Prefeitura de Santa Helena de Minas

O servidor William Silva foi o representante da Prefeitura de Santa Helena de Minas

O servidor da Prefeitura de Santa Helena de Minas, William Silva, participou da capacitação e afirmou que em sua cidade a realidade de construções irregulares e em locais perigosos é muito comum. “Por isso, acho que essa capacitação vai ser muito proveitosa porque eu mesmo não atuo na área de defesa civil, e agora vou poder contribuir para meu município, tendo em vista que lá não há nenhum servidor técnico nessa área e, às vezes, quando surge uma situação não sabemos o que fazer”, justificou o participante.

Deixar um comentário

WP-SpamFree by Pole Position Marketing