GERAL >

Spark Week oferece Seminário de Políticas Públicas com temas ligados à inovação

Várias palestras foram realizadas no auditório master do Expominas com o intuito de debater como as práticas modernas podem ser utilizadas na gestão pública

Na segunda noite do Spark Week, evento de empreendedorismo, negócios, tecnologia e inovação ocorrido em Teófilo Otoni de 17 a 19/10, aconteceu o Seminário de Políticas Públicas. Foram seis palestras sobre assuntos relacionados à inovação do ato de governar, que reuniram servidores públicos, empresários, estudantes e demais visitantes interessados no tema. No intervalo das palestras, houve sorteio de brindes e inscrições em cursos de especialização.

O coordenador do Núcleo de Captação de Recursos da Prefeitura de Teófilo Otoni e um dos organizadores do evento, Paulo Cézar Macedo, fez questão de se pronunciar antes do início do Seminário para dizer que a Spark Week, até ali, já era um sucesso. Segundo ele, o público atendeu ao chamado para ser expositor ou participante e surpreendeu, em especial os jovens estudantes de comunidades urbanas e rurais. “O evento em si quer exatamente promover esse pensamento disruptivo, que é se fazer algo novo rompendo com o que tradicionalmente é estabelecido, e vimos aqui fantásticas propostas nesse sentido”, contou Macedo.

O prefeito Daniel Sucupira abriu a sequência de palestras ao fazer uma abordagem sobre a realidade de Teófilo Otoni e do Vale

O prefeito Daniel Sucupira abriu a sequência de palestras ao fazer uma abordagem sobre a realidade de Teófilo Otoni e do Vale

O prefeito Daniel Sucupira abriu a sequência de palestras ao fazer uma abordagem sobre a realidade de Teófilo Otoni e do Vale do Mucuri. Sua linha de apresentação foi expor à plateia como os municípios da região, empobrecida ao longo do tempo devido às práticas não tão bem-sucedidas, devem pensar a gestão pública sob a ótica da inovação. “Nós temos que entender os fluxos de nosso município, que no caso, são de uma cidade que não consegue se desenvolver sozinha, que precisa perceber a força e a importância dos nossos vizinhos para alcançarmos nossas metas. Por isso, nossa responsabilidade é maior. Ao longo de quase 10 meses à frente da prefeitura, e perante tantos desafios percebidos, torna-se necessário que as administrações públicas se reinventem porque o cenário político mudou, os recursos estão mais escassos. E essa reinvenção é por meio de uma administração moderna, com racionalização dos recursos, compartilhamento de responsabilidades com demais agentes políticos e parceiros, e também empreendendo novas possibilidades como investir num setor de captação de recursos como estratégico para que o governo possa funcionar”, elencou Sucupira.

A ideia de uma gestão pública que seja inovadora também foi defendida pelo diretor técnico do Sebrae, Anderson Cabido

A ideia de uma gestão pública que seja inovadora também foi defendida pelo diretor técnico do Sebrae, Anderson Cabido

A ideia de uma gestão pública que seja inovadora também foi defendida pelo diretor técnico do Sebrae, Anderson Cabido, que acumula a experiência de ter sido prefeito na cidade de Congonhas. Ele palestrou sobre o tema e reiterou que a inovação da administração pública é um assunto que tem se tornado fundamental cada vez mais no dia a dia de todos quando se pensa em desenvolvimento dos municípios. “É essencial que a gente trabalhe políticas públicas cada vez mais vitoriosas e eficientes”, destacou Cabido.

A Prefeitura de Teófilo Otoni lançou durante o Seminário o aplicativo Cidadão Online, apresentado por Jeferson Nepomuceno

A Prefeitura de Teófilo Otoni lançou durante o Seminário o aplicativo Cidadão Online, apresentado por Jeferson Nepomuceno

E, apostando na tecnologia e no empreendedorismo, a Prefeitura lançou durante o Seminário o aplicativo Cidadão Online, apresentado pelo assessor de informática Jeferson Nepomuceno. O app, disponível para ser baixado na play store e na apple store, visa ser um novo meio de comunicação entre a população e a Prefeitura, em que as pessoas podem expor em tempo real as necessidades delas em relação ao município. “Agora é possível fazer a gestão dessas demandas, com  planejamento, avaliação e tomada da melhor decisão. Além de receber as solicitações, a Prefeitura também consegue enviar notificações aos usuários do app, como manutenção de vias e rede elétrica”, esclareceu Nepomuceno.

Outras propostas inovadoras apresentadas no Seminário de Políticas Públicas foram quanto à fábrica solar social e a moeda eletrônica e-dinheiro.  O autor do projeto de eficiência energética, Villi Seilart, foi quem explicou os detalhes dessa fábrica, que visa trabalhar com detentos da Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (APAC). De acordo com ele, ao adotar as placas solares, a administração municipal poderá diminuir gastos com energia elétrica.

A gerente do Banco Comunitário de Liberdade e Inclusão Solidária Articulada (Banclisa), Lindayane dos Santos, explanou sobre o funcionamento deste Banco, que trabalha com o e-dinheiro, utilizado pelos adeptos da economia popular solidária. “Através do aplicativo e-dinheiro, qualquer pessoa pode adotar essa modalidade de transação, obtendo uma maior comodidade ao efetuar compras e, por conseguinte, fortalecendo nossa própria cidade. As pessoas podem ir ao Banclisa, que funciona junto à APJ, com seu dinheiro em espécie, e depositá-lo. Esse dinheiro vai se tornar virtual e, assim, o cidadão pode pagar nos estabelecimentos credenciados de Teófilo Otoni através de um simples click, colocando o nº da conta do comerciante, inserindo o valor a pagar e confirmando o pagamento”, explicou a gerente.

O Seminário contou também com a palestra de Jeferson Batalha, que abordou sobre o papel da Sala Mineira do Empreendedor. Ele lembrou que Teófilo Otoni já consta desse empreendimento, inaugurado recentemente na Prefeitura Municipal, e ressaltou o quanto o serviço contribui para o fortalecimento dos micro e pequenos empresários locais, beneficiando também a economia local. “A Sala Mineira é sinônimo de menos burocracia e mais satisfação para o profissional de negócios”, resumiu Batalha.

Publicado em 20/10/2017, em GERAL.