GERAL >

Com vistas a alavancar o comércio local em meio à crise, Prefeitura investe em duas feiras populares

Liquida Teó e 12ª Feira de Economia Popular Solidária aconteceram ao mesmo tempo, agitando o movimento de consumidores e aquecendo as vendas no centro da cidade

Devido ao elevado número de consumidores o descerramento da fita foi antecipado

Devido ao elevado número de consumidores o descerramento da fita foi antecipado

Após meses de intensa divulgação na cidade, foi aberta, na tarde da última quinta-feira, 09/11, a Liquida Teó: grande feira de preços baixos de Teófilo Otoni e região. Promovido pela Prefeitura Municipal, CDL e Sindicomércio, o evento reuniu cerca de 70 expositores de vários segmentos comerciais em uma mega estrutura centralizada na Praça Tiradentes com o intuito de impulsionar a liquidação de produtos com pouca rotatividade e aquecer o comércio local. A feira teve duração até domingo, 12/11, e antes mesmo da  solenidade de abertura, um elevado número de consumidores já aguardavam pela entrada ao local, o que levou os organizadores a anteciparem o descerramento da fita na ordem do cerimonial e protocolo.

O evento reuniu cerca de 70 expositores de vários segmentos comerciais em uma mega estrutura

O evento reuniu cerca de 70 expositores de vários segmentos comerciais em uma mega estrutura

Além da intensa movimentação de visitantes, autoridades políticas e militares prestigiaram a abertura da Liquida Teó. O vice-prefeito de Teófilo Otoni, Dr. José Roberto Corrêa, que na ocasião representou o prefeito Daniel Sucupira, enalteceu a parceria e o apoio das entidades que colaboraram para efetivação do evento que, na visão dele, oportuniza às pessoas a anteciparem as compras de natal com preços mais em conta.

Dr. José Roberto enalteceu a parceria e o apoio das entidades que colaboraram para efetivação do evento

Dr. José Roberto enalteceu a parceria e o apoio das entidades que colaboraram para efetivação do evento

Um dos organizadores da Feira, o presidente do Sindcomércio, Iesser Lauar, agradeceu à Prefeitura por ter feito parte do projeto e tornado o sonho iniciado há dois anos uma realidade. “Esperamos que esta Feira se consolide e esteja a partir de agora no calendário de turismo de negócios de Teófilo Otoni e região. Quem sabe em 2018 possamos fazer pelo menos duas edições desse Liquida nas viradas de estação para que o comerciante tenha condições de dinamizar seu negócio e fazer seu grande papel de gerar empregos e conseguir se manter no comércio da cidade”, pontuou Lauar.

Iesser Lauar(à direita), agradeceu à Prefeitura por ter tornado o sonho uma realidade

Iesser Lauar(à direita), agradeceu à Prefeitura por ter tornado o sonho uma realidade

Para o secretário municipal de Economia Solidária, Trabalho, Emprego e Renda, Jonas Boa Ventura, o evento surge como uma alternativa à crise econômica nacional. “Quando pensamos nessa grande parceria nós levamos em conta as dificuldades financeiras que nosso município está passando e a gente entendeu que uma das formas de vencer a crise é usar a criatividade, e o Liquida Teó é resultado disso”, explicou Boa Ventura. De acordo com ele, tudo foi pensado para que o consumidor tivesse opções variadas para levar para casa pelo menos um artigo em exposição, e então, outra ideia foi de agregar ao evento a 12ª Feira de Economia Popular Solidária. Com fundamentos no desenvolvimento sustentável e na ajuda mútua, a Feira aconteceu ao lado da Liquida Teó, com expositores de várias cidades do Vale do Mucuri.

Segundo Jonas Boa Ventura, o evento surge como uma alternativa à crise econômica nacional

Segundo Jonas Boa Ventura, o evento surge como uma alternativa à crise econômica nacional

A presidente da Associação dos Artesãos de Teófilo Otoni e membro da diretoria do Forum Mineiro da Economia Popular Solidária, Maria Antonia Xavier, disse que com o público da Feira de Liquidação, houve um bom impulsionamento nas vendas dos produtos artesanais do pessoal da economia solidária, como bordados, quitandas, calçados, roupas, acessórios e outros. “O movimento foi muito bom, e nossa participação torna-se uma forma de divulgar nosso trabalho, o que é muito importante porque a maioria dos expositores dependem dessa renda aqui para manter suas famílias”, salientou Xavier.

Maria Antonia Xavier(à esquerda), disse que ficou muio satisfeita com os resultados positivos da feira

Maria Antonia Xavier(à esquerda), disse que ficou muio satisfeita com os resultados positivos da feira

Já na Feira de Preços Baixos (Liquida Teó), o Procon Municipal se fez presente com equipe e estrutura disponíveis para orientar os visitantes quanto aos direitos do consumidor. “Estarmos nesse evento foi uma oportunidade de ficar mais perto do mercado e da sociedade, tendo em vista que o Procon busca o exercício e o fomento do comércio local. O órgão não é inimigo do comerciante. Ele trabalha e quer trabalhar de mãos dadas com o mercado para que tenhamos um consumo saudável e sustentável em nossa cidade, para que o mercado seja sim aquecido e as pessoas não precisem sair daqui para adquirir seus produtos em outro lugar”, explicou o coordenador do Procon Municipal, Rafael Gusmão.

O Procon Municipal se fez presente com equipe e estrutura disponíveis para orientar os visitantes quanto

O Procon Municipal se fez presente com equipe e estrutura disponíveis para orientar os visitantes quanto

No quesito compras, uma das pessoas que fizeram literalmente a feira no evento, foi a teófilo-otonense Cristiane de Oliveira. Na companhia da filha, ela se disse muito satisfeita com as compras que fez lá dentro, e adiantou que pretendia conhecer a Feira da Economia Solidária também. “Estamos precisando de iniciativas assim para movimentarem mesmo o comércio local devido aos efeitos negativos que a crise econômica gerou”, disse.

Cristiane de Oliveira na companhia da filha, disse muito satisfeita com as compras que fez lá dentro

Cristiane de Oliveira na companhia da filha, disse muito satisfeita com as compras que fez lá dentro

Publicado em 13/11/2017, em GERAL.