GERAL >

Semana da Mulher começa com caminhada e atendimentos na Praça Tiradentes

Dezenas de órgãos e instituições se uniram em prol do movimento de conscientização e enfrentamento à violência contra as mulheres

 

Quem passou pelo centro de Teófilo Otoni na manhã do último sábado, 04/03, percebeu a intensa movimentação nos arredores da Praça Tiradentes, que precisou ter a via principal da Avenida Getúlio Vargas fechada para o trânsito. O Grupo de Mulheres Organizadas do Mucuri (GMOM), em parceria com a Prefeitura de Teófilo Otoni e várias instituições públicas e privadas do município, promoveu um dia marcante de conscientização e combate à violência contra a mulher. O evento marcou o início das comemorações ao Dia Internacional da Mulher e teve como tema “Mulheres Unidas contra a Violência”.

Grupo de Mulheres Organizadas do Mucuri (GMOM), se reunindo para caminhada

Grupo de Mulheres Organizadas do Mucuri (GMOM), se reunindo para caminhada

 

Autoridades regionais e estaduais, dentre elas o prefeito de Teófilo Otoni, Daniel Sucupira, o Secretário de Estado de Direitos Humanos, Nilmário Miranda, secretários municipais, representantes da Polícia Militar, Ministério Público, sindicatos e membros de movimentos populares participaram de uma caminhada que saiu da Rua Floriano Peixoto, no Bairro Veneta, percorrendo as principais ruas e avenidas da região central até a Praça Tiradentes.

Daniel Sucupira se reuni com autoridades regionais e estaduais em caminhada

Daniel Sucupira se reuni com autoridades autoridades regionais e estaduais em caminhada pela Semana da Mulher

Durante o trajeto o grupo distribuiu panfletos e através de um carro de som divulgou as ações relacionadas ao combate à violência contra a mulher. Por onde passou, o grupo recebeu o apoio e solidariedade de populares, comerciantes e motoristas.

caminhada do grupo das Mulheres Unidas contra a violência

caminhada do grupo das Mulheres Unidas contra a violência

O prefeito Daniel Sucupira enfatizou a importância da luta pela igualdade e à valorização da mulher. “É inadmissível que em pleno século XXI as mulheres ainda sejam tratadas com tanta desigualdade, e isso, em todos os setores da sociedade. Pior que isso é a violência diária que as mulheres são submetidas. Essa é uma luta permanente, e não somente no “Dia Internacional da Mulher”, destacou o prefeito.

No primeiro semestre de 2015, em Minas, foram registradas 63.460 ocorrências de violência doméstica contra as mulheres. Os registros do mesmo período de 2016 apontam um decréscimo de 1,4%, totalizando 62.567 ocorrências. Os dados estão disponíveis no Diagnóstico de Violência Doméstica e Familiar nas Regiões Integradas de Segurança Pública de Minas Gerais, divulgado pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), em parceria de Polícia Civil. O diagnóstico é produzido desde 2014 pelo Centro Integrado de Informações de Defesa Social (Cinds), com informações semestrais.

 

Ônibus Lilás

 

Como parte da Semana da Mulher, a cidade recebeu desde a sexta-feira, 03/03, o “ônibus lilás”. O veículo é especialmente adaptado para levar os serviços especializados da Rede de Atendimento às Mulheres em Situação de Violência. Os serviços incluem prevenção, assistência, apuração, investigação e enquadramento legal. As unidades, também, têm função educativa, com a promoção de palestras e esclarecimentos sobre as Leis Maria da Penha e do Feminicídio e sua aplicação.

ônibus lilás - Base Móvel de atendimento ao público

Ônibus lilás (Base móvel de atendimento ao público)

A soldado Juliana, da patrulha de prevenção à violência doméstica do 19º Batalhão de Polícia Militar, agradeceu a participação de todos que promoveram o evento. Ela afirmou que a articulação de todos os órgãos e instituições foi fundamental, para conseguir ajudar o máximo de mulheres possível. “As mulheres hoje tem mais informações, através da internet, da televisão, e hoje viemos pra rua alcançar e encorajar essas mulheres. O número para denúncia de violência contra a mulher em todo o Brasil é o 180. Pedimos ajuda também das mulheres que nunca foram vítimas de violência e sabem de algum caso para denunciar. Aos homens que receberam a nossa mensagem e apóiam esta causa, os nossos sinceros agradecimentos”, salientou.

A soldado Juliana enfatizou  a importância do disque denúncia

A soldado Juliana enfatizou a importância do disque denúncia

A Secretária Municipal de Assistência Social, Eliane Moreira, disse que o impacto foi muito grande, principalmente, com a procura dos atendimentos pelas mulheres que são vítimas da violência. “Toda a estrutura montada foi essencial para dar confiança a essas mulheres. Hoje foi uma manhã histórica para Teófilo Otoni, pois fizemos um movimento que fez valer a política e os direitos das mulheres”, frisou a secretária

Durante toda a semana da mulher, a Secretaria Municipal de Assistência Social vai promover o plantão social na Praça Tiradentes. A ação consiste em disponibilizar psicóloga, assistente social e orientadora social para as mulheres que necessitarem de acolhimento em virtude da violência.

Na quinta-feira, 09/03, a Patrulha de Prevenção à Violência Doméstica da Polícia Militar vai promover uma palestra às 17hs, na Praça Tiradentes.

Publicado em 06/03/2017, em GERAL.